O principal índice da bolsa portuguesa (PSI20) encerrou a sessão desta quarta-feira a cair 0,54% para 7.163,59 pontos, com fortes quedas na banca, num dia em que as praças europeias de referência fecharam sem tendência definida.

Das 20 cotadas no PSI20, 14 desvalorizaram, uma ficou inalterada face à véspera (a EDP, nos 3,66 euros) e as restantes cinco subiram.

De acordo com a Lusa, o setor bancário esteve em destaque pela negativa, com o BES a liderar as quedas, ao recuar 3,5% para 0,938 euros, seguido pelo BCP, que desceu 2,71% para 0,176 euros, pelo BPI, que regrediu 1,27% para 1,629 euros, pelo Banif, que desvalorizou 0,97% para 0,0102 euros, e pelo Espírito Santo Financial Group, que perdeu 0,65% para 2,752 euros.

Entre as quedas da banca, nota para a Teixeira Duarte, que caiu 2,57% para 1,06 euros.

Quanto aos pesos pesados, a Jerónimo Martins fechou a cair 0,32% para 12,44 euros, a Portugal Telecom baixou 0,31% para 2,896 euros, a EDP fechou estável e a Galp liderou as subidas ao avançar 0,89% para 13,53 euros.

No resto da Europa, entre os principais mercados, Paris fechou em terreno negativo (-0,13%), enquanto Frankfurt, Londres e Madrid valorizaram 0,10%, 0,17% e 0,49%, respetivamente.