O principal índice da bolsa portuguesa encerrou a sessão desta segunda-feira a valorizar 0,24% para 7.355,78 pontos, acompanhando a tendência positiva das restantes praças europeias, com a Portugal Telecom (PT) em destaque ao avançar 3,5%.

Das 20 cotadas no PSI20, 11 subiram, uma ficou inalterada (o Banif, nos 0,0103 euros) e as restantes oitos perderam valor.

A PT liderou as subidas, avançando 3,52% para 2,968 euros, sendo seguida pela Jerónimo Martins, outro dos pesos pesados da bolsa portuguesa, que cresceu 1,65% para 12,975 euros.

Os restantes títulos com maior ponderação, a EDP e a Galp, tiveram destinos diferentes: a energética progrediu 0,55% para 3,45 euros e a petrolífera perdeu 0,83% para 12,57 euros.

No setor da banca, enquanto o BCP ganhou 0,82% para 0,2098 euros e o Banif ficou estável, o BPI caiu 1,48% para 1,859 euros, o BES recuou 2,78% para 1,258 euros e o Espírito Santo Financial Group regrediu 3,95% para 2,701 euros.

Nota para a Impresa que, no dia em que apresentou os resultados do primeiro trimestre (lucro de 1,2 milhões de euros que compara com o prejuízo de 857 mil euros nos primeiros três meses de 2013), fechou a sessão a cair 1,25% para 1,82 euros.

No resto da Europa, os ganhos variaram entre os 0,14% de Madrid e os 0,48% de Frankfurt.