O índice PSI20 negoceia na linha e água, apesar dos ganhos de CTT e Galp Energia, num dia em que o Tesouro português quer colocar até 1.000 milhões de euros (ME) de obrigações do tesouro a seis anos.

O PSI20 segue estável em 5.869 pontos.

De acordo com a Reuters, os CTT ganham 1,2%, a Jerónimo Martins 0,5% e a Galp 1%. Também a apoiar, o Millennium bcp ganha 0,5% e o BPI 0,7%. A EDP soma 0,54% e a Sonae 0,6%.

Pela negativa, o Banif recua 2,9%, a Portucel 1,2% e a NOS cai 0,6%.

O índice eurofirst 300, que segue as 300 maiores cotadas do continente, avança 0,12%.

Há um elemento técnico nestas subidas, com as bolsas a recuperar das fortes quedas de ontem.

O mercado é também apoiado por dados que mostraram que a confiança dos consumidores da Alemanha, com vista ao mês de Junho, melhorou, mostrando mais predisposição para compras, prevendo-se uma procura interna mais forte.

Os investidores continuam a acompanhar a saga da Grécia. Ontem, o ministro das finanças helénico, Yanis Varoufakis, disse que está confiante que o país vai cumprir os reembolsos agendados para Junho pois haverá um acordo com os credores até lá. A Grécia tem pagamentos de 1.600 ME agendados para Junho.

O Tesouro português coloca até 1.000 ME de obrigações a seis anos, cujos resultados deverão ser conhecidos depois das 1030 horas.