O PSI-20 abriu a sessão no vermelho pela segunda sessão consecutiva, com os investidores de olhos postos da reunião entre António Costa e Cavaco Silva. O índice perde 0,94% nos 5.248,05 pontos, em linha com as restantes praças europeias.

A liderar as quedas segue a REN, ao deslizar 1,6%, nos 2,57 euros. A NOS pressiona o índice, ao cair 1,5% para os 7,29 euros.

Destaque também para os CTT, que caem 1,4%, com os títulos a cotar a 8,20 euros.

No setor da energia, a Galp desce 1.2%, nos 9,52 euros. Já a EDP cai 0,9%, para os 3,26 euros.

Na banca, o BPI derrapa 0,9%, para os 1,11 euros, enquanto o BCP deprecia 0,6%, mantendo o preço das ações nos 0,05 euros.

No verde estão apenas a Semapa, que ganha 0,4% nos 12,86 euros. A Mota-Engil trava maiores quedas do índice, ao subir 1,01%, com os títulos a cotar a 2,09 euros.

Na Europa, as praças financeiras seguem em terreno negativo, a seguir o fecho dos mercados norte-americanos.
Paris e Madrid descem 1,1% e Londres, Frankfurt e Milão caem 0,6%.