O índice de referência nacional recua 0,6%, acompanhando as quedas dos pares europeus, encabeçadas pela Grécia, permanecendo o nervosismo sobre as negociações entre os credores e Atenas sobre a dívida pública helénica.

Recorda a Reuters que, o Governo da Grécia quer chegar a um acordo até Domingo, apesar de vários decisores da zona euro sugerirem que um acordo final ainda está distante e da Directora do Fundo Monetário Internacional ter sido citada como dizendo que há o risco de Atenas sair do bloco do euro.

O índice eurofirst 300 perde 0,8%. A Bolsa de Atenas cai 1,8%.

Em Portugal, vamos conhecer os dados finais do produto interno bruto do primeiro trimestre de 2015, divulgados pelo INE.

O Millennium bcp cai 1%, a Sonae 2%, a Jerónimo Martins 0,7% e os CTT 1,1%.

Também a pressionar, a EDP Renováveis recua 0,6% e a Altri 2,7% e a Portucel 1,3%.