O índice de referência nacional, PSI20, inverteu a tendência da abertura e seguia a perder 0,15%, pressionado pelas descidas do Millennium bcp e da EDP, apesar da subida de 3,5% da Portugal Telecom, face a uma Europa que toma lucros após a euforia de sexta-feira.

As ações da Portugal Telecom sobem 3,5% para 1,354 euros, após o grupo francês Altice ter feito uma oferta de 7.025 milhões de euros (ME) para comprar os ativos portugueses de telecomunicações da PT Portugal à brasileira Oi.

«O mercado está a assumir que margem para haver negociações com a Oi e, sabendo que a Oi quer continuar a participar nos movimentos de concentração no mercado doméstico, esta venda permite ganhar folga no balanço», explicou à Reuters Albino Oliveira, analista da Fincor.

A oferta apresentada pela Altice valoriza os ativos portugueses da empresa em 7.025 ME numa base livre de caixa e dívida livre, que inclui 400 ME relacionados com a geração futura de receita da Portugal Telecom e 400 ME relativos à geração futura de fluxo de caixa livre operacional -- EBITDA menos Capex.

Nota positiva também para a NOS, a ganhar 2,73% para 4,698 euros e para a Semapa, conglomerado que detém a cimenteira Secil e a empresa de pasta de papel Portucel, a subir 1,46% para 9,79 euros, após ter anunciado uma subida homóloga do lucro de 15% nos primeiros nove meses de 20014.

A empresa explicou que o lucro de 80 ME foi apoiado pela reversão de provisões e menores impostos no exterior, tendo tido uma ligeira recuperação das vendas.

Do lado das quedas, destaque para a descida de 2,3% da EDP em 3,352 euros e do Millennium bcp a cair 2% para 0,082 euros.

Por sua vez, a Galp avança 0,56% para 11,63 euros e a Jerónimo Martins segue estável em 6,98 euros.