A Bolsa de Lisboa mantém a tendência de abertura e ganha 0,32% para os 4.885,36 pontos, com o setor da banca inalterado.

A cotada que mais puxa pelo índice é a Jerónimo Martins, ao subir 1,2%, com os títulos a cotar a 8,32 euros.
No setor das telecomunicações, a PT avança 0,8%, para os 0,996€,a recuperar das quedas de ontem, enquanto a NOS sobe 0,5%, nos 5,27 euros por ação.

Recorde-se que os investidores ainda aguardam pela decisão da Terra Peregrin sobre deixa ou não cair a oferta pública de aquisição lançada à PT SGPS.

O setor da energia também segue com ganhos ligeiros, num dia marcado com nova subida de preço do petróleo, que abriu hoje a cotar a 60,25 dólares o barril: a EDP ganha 0,5%, para os 3,24 euros, enquanto a Galp aprecia 0,1%, nos 8,71 euros por título.

No vermelho está a Mota-Engil, que derrapa 1,02%, com cada ação a valer 2,72 euros, a corrigir dos fortes ganhos de ontem.

Na Europa, as bolsas seguem sem tendência definida, a oscilar entre ganhos e perdas, num dia em que França e Reino Unido aguardam pelos dados do crescimento do PIB.

Paris avança 0,5%, Londres ganha 0,3% e Milão aprecia 0,1%. No vermelho está Frankfurt, a deslizar ligeiros 0,02% e Madrid, a cair 0,1%.