O índice acionista de referência PSI20 sobe 0,74% e acompanha o movimento de recuperação da Europa, com os investidores mais otimistas perante uma nova aproximação entre as instituições europeias e o Governo grego com vista à resolução da sua crise de dívida, colocando para já de parte o receio de um Grexit.

"Há uma expectativa enorme em torno das reuniões de hoje, nomeadamente a cimeira de líderes, onde deverão ser conhecidas as novas propostas gregas para a resolução da sua crise de dívida", explicou Albino Oliveira, analista da Fincor, à Reuters.


Acrescentou que "o mercado está agradado com esta aproximação, afastando para já o receio de rutura e saída do euro".

Segundo a Reuters, o FTSEurofirst300, índice que agrega as 300 maiores cotadas europeias, sobe 0,16% e os principais índices do Velho Continente seguem com ganhos de até 1,02% em Milão, enquanto a bolsa de Atenas continuará encerrada até quarta-feira.

Alemanha e França urgiram ontem o Governo grego a apresentar propostas sérias de forma a serem reatadas as negociações de ajuda financeira ao país, que deu no passado Domingo um rotundo 'não' a mais austeridade em troca de financiamento.

O primeiro-ministro francês, Manuel Valls, disse esta manhã que um acordo para resolver a dívida grega é vital para a Grécia e coerente para a zona euro e o ministro das Finanças do Luxemburgo frisou que um haircut à dívida do país não é um assunto tabu, mas teria de ser englobado num pacote de reformas.

Também o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, afirmou no Parlamento Europeu que a Grécia terá de apresentar propostas que visem resolver a sua elevada dívida.

As atenções dos investidores estão hoje voltadas para a reunião do Eurogrupo, às 12:00 horas em Lisboa, já com o novo ministro grego das Finanças, Euclid Tsakalotos, enquanto às 1700 horas terá início a cimeira extraordinária de líderes europeus.

O índice de referência nacional avança 0,74%, com a Banca a recuperar do tombo de ontem.

O BPI valoriza 2,67%, o Millennium bcp ganha 1,94% e o Banif avança 1,6%.

O Banif anunciou ontem a colocação com sucesso no mercado internacional de 440 milhões de euros (ME) de Asset-Backed Floating Rate Notes.

Suporte adicional da família EDP, com a Energias de Portugal a subir 1,37% e a EDP Renováveis a ganhar 0,94%. A Pharol avança 2,47%.

A travar maiores ganhos do índice estão os pesos-pesados Galp Energia e Jerónimo Martins, com quedas de 0,79% e 0,18%, respetivamente.

No mercado secundário de dívida, a 'yield' das obrigações gregas a 10 anos sobe 16 pontos base para 18,26%, enquanto a equivalente portuguesa alivia 3 pontos para 3,15%.