A Bolsa de Atenas encerrou a tombar 4%, com os investidores muito pouco confiantes num acordo entre a Grécia e os parceiros europeus no Eurogrupo agendado para esta quarta-feira.

O próprio presidente do Eurogrupo, à chegada da reunião, disse que não é expectável um acordo já hoje e que a reunião serve para ouvir as propostas gregas.

O receio dos investidores alastrou-se às restantes praças europeias que, ainda assim, tiveram quedas bastante mais ligeiros.

Madrid caiu 1,4%, Milão desceu 0,8%, Londres caiu0,4%, Paris deslizou 0,4% e Frankfurt depreciou 0,1%.

Em Lisboa o PSI-20 fechou a perder 1,31% nos 5.158,43 pontos.

A cotada que mais caiu foi a PT SGPS, com um tombo de 3,9% para os 70 cêntimos por ação.

A Teixeira Duarte também pressionou, ao cair 3,3%, para os 70 cêntimos.

No setor da banca, o BPI deslizou 3,3%, para os 0,92 euros, enquanto o BCP depreciou 1,9%, com as ações a cotar a 0,07 euros.

Na energia, a EDP desceu 2,8%, com os títulos a valer 3,20. Já a Galp perdeu 2,2%, para os 9,78 euros.