As ações da BMW estavam hoje a cair quase 6%, depois de uma revista alemã ter afirmado que as emissões poluentes de determinados modelos do construtor automóvel ultrapassam os limites de emissões poluentes das normas europeias.

Cerca das 11:20 em Lisboa, os títulos da BMW estavam a perder 5,70% para 75,24 euros na bolsa de Frankfurt, depois da revista de automobilismo alemã AutoBild afirmar que determinados modelos da BMW ultrapassam os limites de emissões de gases poluentes da União Europeia (UE).

A AutoBild cita informações do instituto de testes internacional ICCT (International Council on Clean Transportation).