O Banco Espírito Santo (BES) celebrou esta quarta-feira um acordo de Partilha de Risco no valor de 160 milhões de euros com o Fundo Europeu de Investimento (FEI) designado por Risk Sharing Instrument (RSI), uma iniciativa conjunta do Grupo Banco Europeu de Investimento e da Comissão Europeia.

Este instrumento destina-se maioritariamente ao financiamento de Micro, Pequenas e Médias Empresas (PME¿s) assim como empresas de maior dimensão (empregando até 500 trabalhadores), com cariz inovador.

Esta nova linha destina-se especificamente a empresas que pretendam financiamento para apoiar as suas atividades ou projetos de investigação, desenvolvimento e inovação, até um máximo 7.5 milhões de euros, e conta com uma cobertura de 50% do risco de crédito subjacente pelo FEI.

A operação surge na sequência de uma linha de financiamento global de 200 milhões de euros assinada com o BEI em Outubro, e de um outro contrato celebrado com o FEI, em Abril, no valor de 8,75 milhões de euros, no âmbito do programa europeu de apoio ao microcrédito e empreendedorismo.