As ações do Banco Espírito Santo (BES) deixam esta segunda-feira de integrar o principal índice da bolsa portuguesa, o índice PSI20.

Excluídas as ações daquele que foi o maior banco privado português e também da ESFG, o índice fica agora com 18 empresas cotadas.

Os títulos do BES passam a integrar o PSI Geral, mas as ações continuam suspensas por determinação da CMVM, desde o dia 1 de agosto.

A decisão da Nyse Euronext, de tirar o BES do índice principal, aconteceu depois de no domingo, 3 de agosto, o Banco de Portugal ter anunciado a solução de dividir o banco e dar-lhe um novo nome.