O Banco Central Europeu (BCE) anunciou hoje que decidiu passar a taxa de juro aplicável aos depósitos de -0,20% para -0,30%, com efeitos a partir de 09 de dezembro.

Na reunião de política monetária realizada hoje, o BCE decidiu ainda manter a taxa de juro diretora, aplicável às principais operações de refinanciamento, em 0,05%, um mínimo histórico que tem permanecido desde setembro de 2014, enquanto a taxa de juro aplicável à facilidade permanente de cedência de liquidez também permanece inalterada em 0,30%.

Com a redução da taxa de depósito, que penaliza ainda mais os bancos que mantenham dinheiro no banco central, o BCE espera incitar à concessão de mais crédito para dinamizar o consumo e o investimento na Europa.

Com esta medida, os bancos terão de pagar 30 cêntimos por cada 100 euros depositados.

Em comunicado, o BCE indicou que o seu presidente, Mario Draghi, "anunciará medidas de política monetária adicionais numa conferência de imprensa" ao início da tarde.

Mario Draghi anunciou ainda a extensão do programa de compra de ativos até março de 2017.