O Banif colocou a totalidade dos 80 milhões de euros em obrigações da emissão que lançou no início deste mês, segundo a informação divulgada junto da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Segundo o resultado da operação enviado ao regulador dos mercados financeiros, a procura de obrigações superou ligeiramente a oferta (102,7%), tendo o banco liderado por Jorge Tomé emitido a totalidade das 80 mil obrigações ao valor nominal de 1.000 euros cada uma.

Estes títulos têm uma maturidade de três anos e o banco paga uma taxa de juro anual bruta de 5,0% ao ano e uma taxa de rentabilidade efetiva líquida de impostos de 3,63%.

O período de subscrição das obrigações decorreu entre 03 e 19 de dezembro e têm data prevista para entrar em negociação em bolsa a 24 de dezembro.

Segundo disse o banco quando lançou a emissão, o valor angariado destina-se «ao financiamento da atividade corrente, bem como ao refinanciamento de empréstimos existentes».