A bolsa nacional segue em alta pela terceira sessão, a acompanhar o sentido das principais praças europeias, com as ações do Banif em forte recuperação, a subirem 21,95% para 0,05 euros.

O PSI20 avança 0,69% para 5.461,96 pontos, com 12 ações em alta, três inalteradas e cinco positivas.

O Banif, que está a proceder a um aumento de capital que decorre até amanhã, é o título que mais sobe, a recuperar das fortes perdas dos últimos dias.

Segue-se a Zon, que avançava 3,65% para 3,84 euros e a Sonaecom que avança mais de 2,5%.

Já a EDP trepa 1,24% para 2,436 euros, apesar de a Fitch ter avisado ontem que pode cortar o «rating» da empresa, devido a novas regras no mercado elétrico espanhol.

O BCP, por seu turno, ganha 1,13% para 0,089 euros, na manhã em que a Portugal Telecom (PT) avança 0,89% para 2,805 euros. A operadora chegou a tocar em mínimos de 1996 no início da semana.

Nas perdas, o destaque vai para a Semapa, que desce 0,98% para 6,56 euros e para a Altri que recua 0,63% para 1,74 euros.

Lisboa segue a acompanhar as principais bolsas europeias, que abriram hoje em alta, à espera da divulgação do «livro bege» da Reserva Federal norte-americana (Fed), que analisa em pormenor a evolução recente da economia nos diferentes Estados norte-americanos. Além da publicação do «livro bege», os investidores vão estar atentos à comparência do presidente da Fed, Ben Bernanke, no comité de Serviços Financeiros da Camara de Representantes, em Washington, ele que deverá deixar sinais sobre a política de estímulos monetários na maior economia do mundo.

Ao nível do mercado cambial, o euro abriu hoje em baixa no mercado de divisas de Frankfurt, a cotar-se a 1,3131 dólares, abaixo dos 1,3154 dólares do encerramento de terça-feira e depois de ter atingido, a 1 de fevereiro, o valor mais alto face ao dólar desde novembro de 2011, quando ultrapassou os 1,36 dólares.

Já o barril de petróleo (Brent negociado em Londres) para entrega em setembro abriu em baixa, mas acima dos 107 dólares, a cotar-se a 107,73 dólares no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, menos 1,67 dólares que no encerramento da sessão anterior.