O PSI-20 abriu a última sessão da semana no verde, a subir ligeiros 0,35% nos 5.746,36 pontos, mas ainda assim a ter a maior valorização da Europa.

As principais praças europeias estão a negociar em terreno misto, devido às expetativas dos investidores em relação ao discurso de Janet Yellen. Querem saber qual vai ser a orientação da política monetária da Reserva Federal norte-americana.

Enquanto Madrid sobe 0,2% e Milão ganha ligeiros 0,1%, Londres cai 1,02%, Paris deprecia 0,1% e Frankfurt cai 0,2%.

Na bolsa de Lisboa, o setor da banca está a suportar os ganhos, depois da fraca prestação de quinta-feira. O BPI trepa 1,7%, com as ações a valer 1,33 euros, enquanto o BCP soma 1,1%, fixando o preço das ações em 0,094 euros.

Também a Portugal Telecom ganha acima de 1% (1,2%), com cada ação a valer 1,40 euros.

A travar maiores ganhos está a Galp Energia, ao descer 0,4%, nos 12,80 por título.

Fora do PSI-20, destaque para a Espírito Santo Saúde, que cresce ligeiros 0,2%, mas que fica o preço das ações em 4,355 euros, acima dos 4,30 oferecidos pelo grupo mexicano Ángeles no âmbito da OPA. Em dois dias os títulos da cotada já valorizaram mais de 10%.