A Bolsa de Lisboa abriu a sessão no verde e segue a somar 0,28% para os 5.074,21 pontos com mais de metade das cotadas a negociar acima da linha de água.

Os ganhos estão a ser essencialmente suportados pelo setor da banca, que é o principal beneficiado do programa de compra de dívida que os investidores esperam que seja anunciada já esta semana pelo Banco Central Europeu.

O BCP soma 2,1%, com as ações a manter-se nos 0,07 euros. Já o BPI avança 1,7%, com cada título a cotar a 0,92 euros.

No setor da energia, a Galp está a recuperar ligeiramente das perdas dos últimos dias, embora o preço do crude continue a descer. O barril de Brent, de referência para a Europa, está a cotar a 48,45 dólares. Segue a subir ligeiros 0,1%, para os 8,79 euros. A EDP também segue com ganhos ligeiros de 0,1%, com cada título a valer 3,44 euros.

A travar maiores ganhos está a PT SGPS, que desce 0,7% para os 0,61 euros, quando faltam dois dias para a assembleia geral de acionistas, marcada para votar a venda da PT Portugal à Altice.

As praças europeias estão a negociar no verde, a beneficiar dos dados que chegam da China sobre o crescimento do PIB no país. Apesar do abrandamento, os resultados forma melhores do que o esperado pelos analistas.

Milão aprecia 0,5%, Paris ganha 0,4%, Madrid e Londres soem 0,3% e Frankfurt soma 0,2%.