O PSI-20 abriu a sessão em alta mas já inverteu a tendência e segue agora a descer 0,16% para os 5.291,17 pontos, numa indefinição que está em linha com as pares europeias.

Depois de ontem os mercados terem registado fortes ganhos, em reação à entrevista do ministro grego das Finanças, Yanis Varoufakis, esta quarta-feira há a expectativa sobre a reunião entre o responsável grego e o presidente do Banco Central Europeu, Mario Draghi.

Milão desce 0,4%, Paris e Frankfurt depreciam 0,2%, enquanto Londres ganha 0,1% e Madrid soma 0,3%.

Em Lisboa, é o setor da banca que mais pressiona o índice: o BCP desliza 1,4%, para os 0,06 euros, enquanto o BPI deprecia 1,2%, nos 0,88 euros por ação.

Destaque ainda para a Mota-Engil, que cai 0,8%, com os títulos a cotar a 3,04 euros.

Também a PT cai 0,4%, para os 0,68 euros por ação.

No verde, destaque para a Galp, que avança ligeiros 0,1% (10,17 euros), em contraciclo com mais uma queda do preço do crude nos mercados internacionais. O barril de Brent, de referência para a Europa, está a cotar a 57,54 dólares.

A maior subida vai para o Banif, que avança 1,7%, com cada ação a valer 0,006 euros.