A Bolsa portuguesa negoceia em alta, com 17 dos 18 títulos positivos, apoiada no sector financeiro, Portucel e Galp Energia, após a Moody's ter melhorado a perspetiva da banca nacional para positiva.

O índice PSI20 ganha 1,2%, prolongando a subida de 0,22% de ontem, nota a Reuters. O Millennium bcp sobe 3,3%, o BPI 1,3% e o Banif 2,8%.

A Moody's melhorou a perspetiva do sistema financeiro de Portugal para 'estável', de 'negativo', vendo a banca regressar à rentabilidade nos próximos 12, 18 meses, beneficiando de uma redução do custo de risco.

A Portucel ganha 3,6% e a Ren 1,3%.

O CaixaBI subiu a recomendação da produtora de pasta e papel Portucel para 'Buy' de 'Neutral', salientando a política de dividendos, o forte balanço e o atrativo cash flow, que fazem do título uma "oportunidade única" na Bolsa de Lisboa.

A EDP sobe 0,5% e a EDP Renováveis 1,2%. A eletricidade produzida pela EDPR cresceu 4% nos nove meses de 2015, face ao período homólogo, apoiada na maior capacidade e na resiliência do fator de utilização.

A Jerónimo Martins ganha 0,5% e a Pharol 5%.

Os principais índices europeus negoceiam em alta, após três sessões de queda, seguindo as subidas dos mercados asiáticos, com crescentes expectativas que o Sistema da Reserva Federa dos Estados Unidos adie uma subida das taxas de juro para 2016.