É uma verdadeira razia na Bolsa de Lisboa: o PSI-20 afunda 3,36% nos 5.620,95 pontos, com todos os títulos no vermelho e com um índice fortemente pressionado pelo setor da banca e em mínimos de mais de um ano.

O BCP cai 7,8%, com as ações a já não valerem 0,10 euros. O peso pesado já esteve a cair quase 10%.

Já o Banif cai 7,1%, com as ações a não chegarem a 0,001 euros. O BPI deprecia 5,6% nos 1,29 euros por ação.

Destaque também para a PT, que perde 4,6% nos 1,46 euros, numa altura em que já se conhecem os resultados das contas do segundo trimestre da Oi: a brasileira passou de lucros a prejuízos de mais de 72 milhões de euros. Também hoje a brasileira confirmou à CMVM que Zeinal Bava está de saída da PT Portugal, para se dedicar em exclusivo à Oi.

A cotada que menos cai a esta altura é a REN, que ainda assim deprecia 1,49% para 2,58 euros.

Na Europa, o cenário não é melhor: Milão derrapa 3,3%, Madrid tomba 2,1%, Frankfurt cai 1,5%, Paris desce 1,3% e Londres deprecia 1%.