Gigante chinês entrou sexta-feira na bolsa de Nova Iorque e valorizou mais de 30%. A operadora japonesa de telefones móveis SoftBank, a maior acionista do Alibaba, estima ganhos de 500.000 milhões de ienes, ou seja, três milhões e quinhentos mil euros, na estreia do gigante chinês de comércio eletrónico na bolsa de Nova Iorque.

A SoftBank, que tem uma participação de 32,4% no Alibaba, vai manter as suas ações e revelar pormenorizadamente o valor das mais-valias após este ser confirmado, explicou o grupo em comunicado.

O gigante chinês de comércio eletrónico entrou sexta-feira na bolsa depois de arrecadar 22.000 milhões de dólares (17.149 milhões de euros) com a sua oferta pública de venda de ações e valorizar-se mais de 30% na estreia bolsista.