O índice de confiança empresarial subiu em fevereiro na Alemanha pelo quarto mês consecutivo, situando-se nos 106,8 pontos com as empresas a melhorarem as expetativas para os próximos seis meses, avançou esta segunda-feira o Instituto de Investigação alemão (Ifo), nota a Lusa.

Este indicador que mede o nível das expetativas dos empresários alemães para os próximos seis meses, e não o que pensam sobre a situação atual, fixou-se em 106,7 pontos em janeiro, refere em comunicado.

O presidente do Instituto de Investigação Económica germânico Ifo, Hans-Werner Sinn, referiu que “a economia alemã permanece robusta, apesar da atual situação de incerteza geopolítica”.

«A satisfação com a atual situação empresarial caiu ligeiramente, mas as empresas expressaram uma confiança maior na evolução futura do negócio», concluiu o responsável do Ifo.