A Agência Internacional de Energia (AIE) reviu esta terça-feira em baixa ligeira a estimativa para a procura global de petróleo para este ano, devido à fraca expectativa de crescimento económico, foi anunciado.

De acordo com a Lusa, em relação à estimativa da procura global de petróleo para 2015, a organização reviu em alta com os olhos postos numa melhoria macroeconómica.

A organização diminuiu em 200.000 barris diários a previsão da procura global para este ano para 92,4 milhões de barris por dia, que se traduzirá num acréscimo anual de 700.000 barris diários, menos 250.000 barris que a previsão anterior.

Entre as explicações para este decréscimo, a AIE destaca os cálculos do Fundo Monetário Internacional (FMI), que este mês reviu em baixa as estimativas de crescimento para 2014 e 2015, pela terceira vez no espaço de um ano, para 3,3% e 3,8%, menos uma e duas décimas, respetivamente, que nas previsões precedentes.

Em 2015, a AIE refere no relatório que a procura global de petróleo deverá registar um aumento de 1,1 milhões de barris diários para 93,5 milhões de barris por dia.