O índice PSI20 terminou a sessão de bolsa desta sexta-feira a subir 2,03%, suportado pelos ganhos da Galp e dos dois maiores bancos cotados, numa sessão em que as praças europeias estiveram positivas com disparos no preço do crude e da banca italiana.

O Millenium BCP escalou 5,43% e o BPI ganhou 3,3%, com os dois títulos a recuperar das quedas de quarta e quinta-feira, ligadas a receios sobre o pedido de ajuda de Angola, país onde têm operações e acionistas, ao Fundo Monetário Internacional (FMI).

No domingo termina o prazo do Banco Central Europeu para o BPI resolver o problema da exposição aos grandes riscos, nomeadamente a Angola, mas o mercado espera ainda novidades sobre o impasse entre dois principais accionistas do banco, a Santoro de Isabel dos Santos e o espanhol Caixabank.

Petróleo sobe 5%

A Galp Energia somou 5,43%, em linha com a valorização do preço do barril de brent, que subiu mais de 5% para 41,6 dólares..Segundo operadores citados pela Reuters, esta cotação do petróleo foi suportada por uma queda inesperada de quase 5 milhões de barris nos stocks de crude nos Estados Unidos, na semana passada, face a uma estimativa de 3,2 milhões.

A Mota-Engil, que nos últimos dias também foi muito penalizada pela exposição a Angola, recuperou 1,423%.

Suporte adicional ao índice veio também dos CTT, que subiram 2%, e da retalhista Jerónimo Martins, que valorizou 1,25%.