O índice de referência nacional PSI20 ganha 1,37%, suportado pela telecom NOS e pela Galp Energia, em linha com uma Europa onde os investidores estão focados na reunião de hoje do Banco Central Europeu (BCE) e a acompanhar os ganhos de ontem dos mercados norte-americanos.

O BCE deverá cortar as suas estimativas para a inflação na zona euro, em consequência do abrandar da economia da China e das recentes quedas no mercado petrolífero, enquanto as taxas de juro deverão ser mantidas em mínimos.

Perspetivas económicas globais enfraquecidas poderão também levar o banco central a alargar o seu programa de compra de ativos, e os mercados aguardam assim pistas vindas da conferência de imprensa de Mario Draghi, presidente do BCE, às 13:30 horas de Lisboa.

De acordo com a Reuters, o índice que segue as 300 maiores cotadas da Europa, o Eurofirst 300 soma 1,48%, com os investidores otimistas quanto ao outlook da reunião de política monetária do banco central.

Nos Estados Unidos, os principais índices – S&P 500, Dow Jones e Nasdaq - fecharam em ganhos superiores a 1,8%.

No mercado petrolífero, o preço do barril de Brent cai 0,75% para 50,13 dólares e o barril de Crude Nymex recua 0,37 para 46,08 dólares, penalizados por um aumento inesperado dos 'stocks' de crude nos Estados Unidos, embora os ganhos de ontem nos mercados deste país limitem as perdas.

O euro aprecia-se 0,04% face à moeda norte-americana para 1,1231 dólares.