O jornal britânico The Independent decidiu acabar com a sua edição em papel, transformando-se a partir de 26 de março num título exclusivamente digital, divulgou o proprietário da publicação.

Esta aposta surge na sequência de um decréscimo contínuo das vendas do título. “A indústria dos jornais está a mudar e essa mudança foi iniciada pelos leitores. Eles mostram que o futuro é o digital”, afirmou Evgeny Lebedev, o proprietário do jornal, um britânico de origem russa, num comunicado.

“Fomos confrontados com uma escolha: gerir o declínio contínuo do papel ou transformar a base digital que construímos num futuro rentável e sustentável”, indicou o responsável, numa carta dirigida aos funcionários, salientando que o The Independent será “o primeiro de muitos títulos importantes que vai mudar para um futuro 100% digital”.