O presidente executivo do construtor automóvel alemão Volkswagen, Matthias Mueller, dará na quinta-feira uma conferência de imprensa para informar sobre os resultados das investigações à manipulação de emissões poluentes.

A Volkswagen informou esta segunda-feira que o presidente do conselho de supervisão, Hans Dieter Pötsch, também estará presente na conferência de imprensa, segundo a agência Efe.

Desde de setembro, o grupo enfrenta um escândalo devido à instalação em 11 milhões de veículos de várias marcas de um dispositivo para deturpar os testes antipoluição e vai chamar às oficinas para reparação cerca de 8,5 milhões de viaturas na Europa a partir de janeiro.

A partir de janeiro, a Volkswagen chamará às oficinas para reparação cerca de 8,5 milhões de viaturas na Europa.

As vendas da marca estão já a ressentir-se. Na Alemanha, houve uma redução de 2% em novembro e nos Estados Unidos, onde o caso foi descoberto, as vendas caíram quase 25%