O crescimento da economia do setor privado da zona euro ganhou impulso em junho, tendo atingido um máximo de mais de quatro anos, apesar da incerteza em torno da crise da dívida da Grécia, foi anunciado esta terça-feira.

Segundo a empresa de serviços de informação financeira Markit, a estimativa do PMI (Purchasing Managers Index) composto da zona euro atingiu 54,1 pontos em junho, o valor mais alto dos últimos 49 meses e contra 53,6 pontos em maio.

Um índice PMI inferior a 50 pontos significa contração, enquanto um superior indica expansão da atividade.