O euro continuou a cair face ao dólar e atingiu o nível mais baixo em quatro anos, depois de declarações do presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi, sobre a baixa inflação na zona euro.

Às 18:09 (hora de Lisboa), o euro seguia a 1,2010 dólares, quando na quarta-feira ao final da tarde negociava a 1,2110 dólares.

«O risco de não cumprirmos o nosso mandato da estabilidade de preços é maior do que há seis meses», afirmou Mario Draghi, ao jornal financeiro alemão Handelsblatt.

A inflação na zona euro caiu para 0,3% em novembro e o BCE advertiu para a possibilidade de vir a cair ainda mais devido à queda do preço do petróleo.

Já estão em marcha os preparativos técnicos para "mudar a velocidade, o alcance e a composição das nossas medidas no início de 2015 caso seja necessário enfrentar um longo período de inflação baixa", assegurou Draghi, considerando também que as taxas de juro deverão manter-se baixas durante bastante tempo.

Para a maioria dos analistas, as declarações de Draghi reforçam a perspetiva de em breve o BCE vir a comprar dívida soberana.