Os trabalhadores do Metropolitano de Lisboa vão estar em greve 24 horas no dia 31 de outubro, adiantou fonte sindical à Lusa.

Na reunião desta quarta-feira, os trabalhadores decidiram avançar com uma manifestação nacional, em Lisboa, a 09 de novembro e com uma quinzena de greves, a começar a 25 de outubro e terminar a 08 de novembro.

Os representantes dos trabalhadores decidiram ainda exortar os deputados a reprovarem o OE, a pedirem ao Tribunal Constitucional a sua fiscalização preventiva e realizar uma nova reunião a 08 de novembro.

Além da greve do metro, já estão também agendadas as paralisações dos CTT, a 25 de outubro, e as da Transtejo e Soflusa, de 02 a 09 de novembro, três horas por turno.