As vendas semestrais da Corticeira Amorim ultrapassaram pela primeira vez os 300 milhões de euros, somando 309,2 milhões de euros até junho, enquanto o lucro cresceu 42,4%, para 26 milhões de euros, informou a empresa nesta segunda-feira.

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a corticeira de Mozelos (Santa Maria da Feira) atribui o aumento do resultado líquido ao “crescimento, a um ritmo razoável, da economia mundial” e destaca que para a subida de 7% das vendas “contribuiu a conjugação do crescimento orgânico com um efeito cambial favorável”.

“De salientar o contributo das unidades de negócio ‘rolhas e aglomerados compósitos’, que registaram crescimentos de vendas de assinalar”, lê-se no comunicado.