A Media Capital, dona da TVI, aumentou os seus lucros em 12% de janeiro a setembro deste ano, para 8,2 milhões de euros. Para este resultado líquido contribuíram a melhoria dos resultados operacionais do grupo, bem como a redução de custos levada a cabo no terceiro trimestre.

Já a nível trimestral, o lucro entre julho e setembro foi de 0,8 milhões de euros, "mais do que triplicando face ao período comparável do ano anterior", salienta, num comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobilitários. 
No acumulado do ano, a Media Capital obteve rendimentos operacionais de 121,2 milhões de euros, com os gastos operacionais a caírem para 99,2 milhões. 

O EBITDA - lucros antes de impostos, juros, amortizações e depreciações - melhorou no terceiro trimestre para 5,8 milhões de euros, graças ao recuo dos gastos operacionais, que "compensaram os menores proveitos". Nas contas acumuladas até setembro, o EBITDA recuou 8% para 22 milhões.

As receitas de publicidade cresceram para mais de 82 milhões de euros (+1% em comparação com os primeiros nove meses de 2014). 

De janeiro a setembro de 2015, foi a TVI o canal que liderou as audiências televisivas, com uma quota no total do dia de 22,6% e de 26,7% no horário nobre.

As rádios do grupo, com destaque para a Comercial, também mantiveram a liderança, com um share de 35,9%.