O presidente da Comissão para a Reforma do IRC, António Lobo Xavier, disse esta terça-feira que a taxa do imposto, e a redução prevista, não é a «questão central» da reforma apresentada recentemente.

Lobo Xavier justificou-se lembrando o trabalho desenvolvido pela comissão por si liderada: da proposta de reforma constam 58 artigos modificados face à atual legislação sobre o IRC, 16 novos e 18 revogados total ou parcialmente.

O responsável falava em Lisboa durante uma apresentação pública da reforma do IRC, encontro com a presença também do secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Paulo Núncio.