Os contribuintes devem ao Fisco 4.100 milhões de euros, o que daria para cumprir a meta do défice de Portugal este ano. O compromisso com a Comissão Europeia é baixá-lo em 4.600 milhões de euros. 

Os números são do Ministério das Finanças e vêm detalhados na edição desta terça-feira do Jornal de Notícias. A lista de devedores tem, no total, 41.063 nomes.

Contribuintes Quantos Montante em dívida
Pessoas 29.490 2.650 milhões de euros
Empresas 11.573 1.450 milhões de euros

Na Segurança Social, a lista de devedores foi reativada em junho e, nessa altura, estavam inscritos mais de 1. 700 devedores. Pode parecer um número reduzido, mas isso é porque na primeira fase apenas contaram as dívidas superiores a 25 mil euros entre os particulares e acima de 50 mil entre as empresas. 

Esta semana deverá ser publicada uma nova lista atualizada. Em causa estão 197 milhões de contribuições em falta. Aqui já entram as pessoas coletivas com dívidas entre os 10 mil e os 50 mil euros que, tendo sido notificadas, não tenham procedido à regularização.

Os resultados da terceira fase serão conhecidos em dezembro, com a publicação da lista de pessoas singulares com dívidas compreendidas entre os 7 mil e 500 euros e os 25 mil euros.

Até agora, as listas negras de contribuintes com dívidas fiscais e contributivas já permitiram ao Estado recuperar 58 milhões de euros: 1,26 milhões vieram precisamente de dívidas à Segurança Social.