4,8 milhões de euros


“Isto revela uma clara incapacidade do Governo reclamar apoios pelo menos proporcionais ao dos outros Estados membros. É preciso fazer mais na frente europeia e é preciso utilizar todos os meios que a margem de manobra nacional permite e que o Governo já há vários meses se recusa a mobilizar”, criticou.






“No que diz respeito à escala nacional, o Governo viveu alegremente como se o problema não existisse há vários meses e basta dizer que no âmbito da Política Agrícola Comum existe a possibilidade de serem mobilizados alguns fundos do Programa de Desenvolvimento Rural que o Governo recusou fazer há três ou quatro meses quando apresentou o programa”, recordou ainda.