Portugal colocou hoje 1.215 milhões de euros em Obrigações do Tesouro com maturidades de cinco e de dez anos às taxas de juro médias de 2,0326% e de 3,1380%, acima das verificadas nos anteriores leilões comparáveis.

Segundo a página da Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP) na agência Bloomberg, a cinco anos foram colocados 594 milhões de euros a uma taxa de juro média de 2,0326%, superior à de 1,423% registada no anterior leilão, de 22 de julho. A procura cifrou-se em 913 milhões de euros, 1,54 vezes o montante colocado.

No prazo de dez anos, o Tesouro colocou 621 milhões de euros a uma taxa de juro média de 3,1380%, também superior à de 2,42% verificada no anterior leilão de 25 de novembro. A procura atingiu 993 milhões de euros, 1,60 vezes superior ao montante colocado.