A Itália vendeu hoje 3.000 milhões de euros em dívida a dois anos a uma taxa de juro de 1,857%, a mais baixa desde maio deste ano.

Na emissão obrigacionista, semelhante à realizada no final de junho, a taxa de juro média paga pelo Tesouro italiano foi de 2,403%, refere a agência norte-americana Bloomberg.

A procura superou em 1,56 vezes a oferta, contra 1,48 vezes no anterior leilão comparável.

O Tesouro de Itália vai voltar na segunda-feira a colocar obrigações, desta vez no montante de 8,5 mil milhões de euros, e está também marcada para terça-feira a venda de 6,7 mil milhões de euros em títulos de dívida de médio e longo prazo, a cinco e dez anos.

A emissão títulos de dívida hoje realizada vencerá a 30 de junho de 2015 e o Tesouro colocou o montante inicialmente previsto que se situava entre os 2.000 milhões e os 3.000 milhões de euros.