Portugal volta aos mercados na próxima quarta-feira, com dois leilões de Bilhetes do Tesouro (BT) 18 meses, num montante global indicativo entre os 1.000 e os 1.250 milhões de euros.

Segundo informação hoje divulgada, o IGCP - Agência de Gestão de Tesouraria e da Dívida Pública promove no próximo dia 18 dois leilões das linhas de BT com maturidades em dezembro de 2013 e em março de 2015.

O montante indicativo global oscila entre os 1.000 e os 1.250 milhões de euros.

A última emissão de BT aconteceu a 21 de agosto, dia em que o Estado português colocou 1.000 milhões de euros de dívida no mercado, o limite máximo do montante indicativo estipulado pela agência que gere a dívida portuguesa.

Na ocasião, na linha da maturidade a três meses (novembro deste ano), Portugal colocou 300 milhões de euros, enquanto que nos BT com maturidade a 12 meses (agosto de 2012) foram colocados 700 milhões de euros.