troika «pecou contra a dignidade» de portugueses, gregos e também irlandeses

Passos Coelho garantiu que essa dignidade «nunca esteve em causa» durante o programa.