As cerimónias fúnebres do economista José da Silva Lopes vão realizar-se na quarta-feira na Basílica da Estrela, em Lisboa, e estarão a cargo do padre Vítor Melícias, disse à Lusa a filha do antigo governante.

Teresa Silva Lopes adiantou que ainda não é possível confirmar a hora a que a cerimónia decorrerá, mas deverá acontecer da parte da tarde.

Inicialmente, o funeral estava previsto para segunda-feira, mas a informação não se confirmou.

A filha de Silva Lopes relembrou o pedido do pai para amigos e familiares não gastem dinheiro em flores e que entreguem essa verba ao Instituto de Apoio à Criança (IAC).

Silva Lopes iniciou a sua carreira no Ministério da Economia em 1955, em 1969 integrou o conselho de administração da Caixa Geral de Depósitos e, entre 1975 e 1980, foi governador do Banco de Portugal.

Integrou os primeiros quatro governos do pós-25 de abril, foi consultor do FMI e do Banco Mundial, tendo desempenhado recentemente o cargo de presidente do Montepio Geral.