Os reembolsos do IRS, nos primeiros seis meses do ano, aumentaram 5,9%, face ao mesmo período do ano anterior, totalizando 2.471,3 milhões de euros, divulgou hoje a Direção-Geral do Orçamento (DGO).

Segundo a síntese de execução orçamental publicada pela DGO, até junho os reembolsos em sede de IRS registaram um aumento de 137,4 milhões de euros.

Por sua vez, os reembolsos de IVA, no período de referência, subiram 6,3% em comparação com o mesmo período de 2017, totalizando 3.011,3 milhões de euros.

A entrega da declaração de IRS teve início em 01 de abril e terminou no final de maio.