O Governo pode estar a preparar-se para aumentar o IVA, aplicar novos cortes sobre os salários da função pública e usar, pelo menos parte, da almofada orçamental.

O chumbo do Tribunal Constitucional a 3 normas do Orçamento do Estado abriu um buraco de cerca de 610 milhões de euros nas contas públicas, escreve o Económico.

A ministra das Finanças e o secretário de Estado do Tesouro estiveram ontem reunidos para discutir o plano para fazer face ao chumbo do TC, que poderá ser apresentado no Conselho de Ministros extraordinário a realizar esta terça-feira.

O aumento do IVA é vista como a hipótese mais provável. De acordo com as contas do Governo relativas ao Documento da Estratégia Orçamental, uma taxa de subida de 0,25% na taxa normal corresponde a uma receita de 150 milhões, ou seja, uma subida de 1% representa uma receita de 600 milhões.

Porém, a nova taxa não será aplicada durante um ano completo, e por isso, para conseguir aumentar a receita é preciso aumentar mais a taxa.