A diretora do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, elogiou hoje as autoridades irlandesas pela aplicação do programa económico apoiado pela União Europeia e pela instituição que dirige.

Em comunicado emitido pelo FMI, Lagarde considerou que «os esforços» associados àquele programa foram «essenciais para a recuperação económica irlandesa».

A chefe do Fundo adiantou que «reconhece que o povo irlandês fez grandes sacrifícios», dos quais disse que «começaram a dar frutos», exemplificando com «a aceleração do crescimento, a redução do défice orçamental e, mais importante, a criação de emprego».

Não obstante, Lagarde reconheceu que «o desemprego permanece muito elevado e muitas pessoas ainda não sentem o efeito da recuperação».

A diretora do FMI esteve em Dublin para participar numa conferência e reunir-se com o chefe do governo e outros ministros, como o das Finanças.