A expansão do terminal de contentores de Sines vai criar 200 novos postos de trabalho e aumentar a capacidade de movimentação anual de 1,7 para 2,7 milhões de contentores, segundo um memorando de entendimento assinado esta segunda-feira em Lisboa.

O investimento no terminal de contentores (Terminal XXI), concessionado à multinacional de Singapura PSA Sines, não está definido, devendo os detalhes ser discutidos «em Comissão de Negociação própria», de acordo com o comunicado do ministério da Economia.

Com os novos investimentos o terminal passará a contar com 1000 trabalhadores e uma capacidade de movimentação anual de contentores de 2,7 milhões de TEU (medida usada para calcular o volume de um contentor), podendo acolher em simultâneo três navios de 18.000 TEU.

O memorando foi assinado por representantes da administração dos Portos de Sines e do Algarve e da PSA Sines, no âmbito da visita a Portugal do Presidente da República de Singapura.

«A expansão do Terminal XXI foi identificada pela economia portuguesa, no âmbito do Grupo de Trabalho para as Infraestruturas de Elevado Valor Acrescentado, como uma das prioridades de investimento e faz parte do Plano Estratégico de Transportes e Infraestruturas (PETI 3+), recentemente aprovado pelo Governo», acrescenta o comunicado oficial que a Lusa cita.