O Governo pretende discutir amanhã, em Conselho de Ministros, o desenho da reforma do Estado, anunciou o primeiro-ministro no Parlamento, durante o debate quinzenal.

«O guião da reforma do Estado está agendado para este Conselho de Ministros. E, na próxima semana, o senhor deputado poderá utilizar na discussão do Orçamento do Estado para 2014 o guião sobre a reforma do Estado», disse o primeiro-ministro em resposta ao líder do Partido Socialista, António José Seguro.

Seguro tinha criticado na sua intervenção os sucessivos adiamentos na apresentação do guião da reforma do Estado, que estava inicialmente previsto para fevereiro.

Para evitar confusões, o primeiro-ministro acrescentou: «Não se confunda o guião com a reforma do Estado» porque esta «já se iniciou há dois anos e meio».

O documento deverá conter as medidas de caráter estrutural destinadas a reduzir a despesa do Estado.