A ministra das Finanças afirma que, para Portugal, o período da recessão já passou. Na universidade de Verão do PSD, Maria Luís Albuquerque considerou que Mário Draghi está a comprar tempo para a Europa.

Na reta final da universidade de verão do PSD, a ministra das Finanças diz que os períodos de crescimento e recessão não duram para sempre, mas neste momento o pior para Portugal já passou.

«Essa recessão já passou, estamos com crescimento baixo? Estamos. Não temos o dinamismo que gostávamos de ter? É verdade, não temos, mas não temos nós, não têm os nossos parceiros europeus, não tem o mundo em geral», disse.

Maria Luís elogia as recentes medidas de estímulo à economia anunciadas por Mário Draghi mas alerta: um dia as facilidades vão ter de acabar.

«O que ele está a fazer à Europa é a comprar tempo», disse, lembrando, que o período das facilidades «tem de ser bem usado porque não pode ser eterno».

A ministra diz que Portugal fez as reformas estruturais por mérito próprio e conta com o apoio do BCE para o que ainda é preciso fazer, mas há prioridades.

«A Consolidação orçamental tem de ser um objetivo prioritário, a redução de divida tem de ser um objetivo prioritário», disse.

Maria Luís Albuquerque acredita que vai haver um novo ciclo de crescimento para o país, mas não se sabe como nem quando.