As exportações aumentaram 5,8% e as importações 4,8% no trimestre terminado em janeiro de 2014, face ao período homólogo, tendo o défice comercial aumentado em 0,2 milhões de euros, divulgou esta quarta-feira o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Segundo o INE, entre novembro de 2013 e janeiro de 2014 a taxa de cobertura registou um aumento homólogo de 0,9 pontos percentuais (p.p.), para 83,2%.

Considerando apenas janeiro de 2014, as exportações de bens aumentaram 2,3% e as importações de bens 9,3% face ao mês homólogo (respetivamente +9,0% e +3,4% em dezembro de 2013).

De acordo com o instituto, o aumento das exportações traduziu a evolução do comércio intra-UE (devido principalmente aos combustíveis minerais e vestuário), já que no comércio extra-UE se verificou uma diminuição.

Já a subida de 9,3% das importações resultou sobretudo do acréscimo registado no comércio intra-UE (generalizado à quase totalidade dos grupos de produtos, mas em especial nos combustíveis minerais e veículos e outro material de transporte).