As empresas portuguesas de cerâmica Recer e a farmacêutica Atral Cipan assinaram esta quarta-feira em Argel, Argélia, contratos de exportação orçados em 115 milhões de euros, durante a missão empresarial de 36 empresas nacionais, liderada pelo vice-primeiro-ministro, Paulo Portas.

Em comunicado a que a Lusa teve acesso, o gabinete de Paulo Portas, divulga que o grupo de indústria cerâmica Recer assinou com os dois parceiros argelinos, a holding estatal argelina para o setor SGP IPRS e o grupo privado Tipceram, um contrato no valor indicativo de 100 milhões de euros para a exportação de serviços e transferência de tecnologia. O contrato visa ainda a internacionalização da empresa portuguesa e alargamento da sua base produtiva à Argélia.

Já a farmacêutica Atral-Cipan assinou com a empresa pública argelina Saidal um contrato que poderá ir até aos 15 milhões de euros, já que prevê a exportação para este mercado e a transferência de tecnologia na área dos antibióticos, o que representa 2 a 3 milhões de euros por ano, ao longo de quatro a cinco anos.

Os dois contratos foram assinados durante a missão empresarial de empresas nacionais à Argélia, com destaque para a presença dos setores da construção civil e obras públicas, indústria agroalimentar, tecnologias de informação e banca.

A delegação portuguesa integra ainda os secretários de Estado dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Luís Campos Ferreira, e da Inovação e Competitividade, Pedro Gonçalves.

O Fórum Empresarial luso Argelino conta com a presença de mais de 50 empresas argelinas, decorrendo o Grupo de Trabalho Económico luso Argelino até quinta-feira em Argel, sendo liderado pelo vice-primeiro ministro, do lado português, e pelo ministro do Desenvolvimento Industrial e da Promoção do Investimento, do lado argelino.

Na agenda, Paulo Portas tem ainda previstos encontros com diversos representantes do Governo argelino, entre eles o primeiro-ministro e os ministros das Obras Públicas, dos Transportes, da Energia, da Agricultura e Desenvolvimento Rural, do Turismo e da Juventude e Desportos.

As exportações portuguesas para a Argélia, um dos principais parceiros comerciais na região, aumentaram mais de 23% em 2013, tendo a balança comercial sido favorável a Portugal pela primeira vez em muitos anos.