O PCP vai chamar a ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque, ao Parlamento. A informação foi avançada pelo deputado dos comunistas Honório Novo à Antena 1.

A decisão foi tomada após a divulgação de uma notícia, pelo jornal Público, que dá conta da exigência do grupo luso-angolano BIC de 100 milhões de euros de reembolsos de processos judiciais relacionados com o acordo de privatização do BPN.

Recorde-se que o processo foi liderado por Maria Luís Albuquerque enquanto secretária de estado. O BPN acabou por ser evndido por 40 milhões de euros.

Também em declarações à Antena 1, Mira Amaral, presidente do Banco BIC Portugal, explicou que o contrato celebrado entre o governo português e o grupo luso-angolano já previa que Portugal suportasse as despesas relacionadas com a privatização do BPN.