O Governo Federal alemão publicou esta sexta-feira um comunicado, no seu portal da internet, no qual afirma que Portugal «está no bom caminho», no mesmo dia em que o ministro da Economia está em missão de captação de investimento no país.

No comunicado, a que a Lusa teve acesso, a Alemanha refere que «Portugal recebe auxílio financeiro do pacote de resgate europeu desde maio de 2011» e que «o país tem progredido, desde então, na implementação do programa de reformas acordado».

Para a Alemanha, «os esforços estão a dar resultados».

Este comunicado surge um dia depois do Instituto Nacional de Estatística (INE) ter divulgado que a economia portuguesa cresceu no terceiro trimestre, com o Produto Interno Bruto a aumentar 0,2% face ao segundo trimestre do ano, mas mantendo-se ainda em valores negativos quando comparado com o mesmo período do ano passado.

Ou seja, a economia portuguesa cresceu pelo segundo trimestre consecutivo.

«É importante que Portugal continue a implementar as reformas planeadas de forma consistente - as reformas macroeconómicas como também as medidas de consolidação orçamental», refere o Governo alemão.

«Esta é a única forma de garantir a sustentabilidade das finanças públicas e recuperar a longo prazo a confiança dos investidores. Os sucessos de Portugal devem ser consolidados, continuando a implementação firme do seu programa. Assim, poderá abandonar, tal como planeado, o programa de resgate em meados de 2014», conclui.

António Pires de Lima está hoje em Berlim, onde tem mantido reuniões com várias entidades alemãs, entre as quais a BDI, federação da indústria alemã, e marcou presença no simpósio anual da BME, maior associação de compradores de logística da Alemanha.